Kodomo no Hi, o dia dos meninos

A tradução literal de kodomo no hi é dia das crianças, porém a data de 5 de maio homenageia apenas os meninos. É um feriado nacional que faz parte da Golden Week, a semana que reúne 4 feriados no Japão. O dia das meninas, conhecido como hina matsuri (ou festival das bonecas), é celebrado em 3 de março.

A origem da data é bem antiga, do período Nara (710 – 794), quando era realmente o dia dos meninos – tango no sekku. Foi no pós guerra, em 1948, que foi alterado para dia das crianças e a data declarada feriado nacional. Apesar da mudança de nome, as tradições se mantiveram.

Falando em tradições, o kodomo no hi possui uma porção delas. Uma das mais marcantes é o koinobori – flâmulas em forma de carpas que decoram os ambientes externos como jardins, quintais e áreas públicas. Elas simbolizam sucesso, felicidade e o desejo dos pais de que seus filhos cresçam fortes e corajosos. Representam a determinação e energia da subida das carpas contra a correnteza do rio no período de desova.

Há uma ordem na disposição das flâmulas. A que vem primeiro é maior, preta e representa o pai. Em seguida a vermelha, um pouco menor, que simboliza a mãe. As pequenas e coloridas são para as crianças. O movimento provocado pelo vento é de uma infância feliz e saudável.

Outro símbolo que representa muito o kodomo no hi são os guerreiros samurais, com o significado de força, coragem e proteção à doenças. Pela tradição, um altar com bonecos e elementos samurais é montado nas casas, porém como são itens muito caros, muitas vezes o conjunto é representado apenas pelo kabuto, o capacete do guerreiro.

Como toda data comemorativa, este dia também tem suas comidas tradicionais. Para a sobremesa, as crianças ganham dos pais o chimaki, um bolinho de arroz embrulhado em folhas de bambu. Outro doce típico é o kashiwa mochi, bolinhos de arroz recheados com anko (doce de feijão) e envoltos em folha de carvalho. Ambos simbolizam prosperidade.

(Imagem: Omihachiman | Crédito: yeowatzup via Visual hunt)