Castelos no Japão

Há duas coisas que, inevitavelmente, fazem parte de uma visita ao Japão: conhecer templos e castelos. Para quem gosta de história é um prato cheio, afinal eles estão profundamente relacionados aos principais acontecimentos do país.

Por volta do século XV o Japão era composto por dezenas de estados independentes que brigavam entre si e os castelos foram erguidos nas partes altas como forma de defesa. Com a reunificação do país e o início da era feudal, em meados do século XVI, castelos maiores foram construídos em locais baixos para serem centros administrativos e militares.

Com o fim da era feudal, alguns deles foram destruídos por serem símbolos de um passado amargo. Outros tantos foram bombardeados durante a II Guerra Mundial. Hoje restam apenas 12 castelos originais no Japão, com muita história para contar.

O principal deles é o castelo de Himeji, tesouro nacional e considerado o castelo mais bonito do Japão, é da era feudal e está em ótimo estado de conservação. Outro muito bem preservado é o castelo Bitchu-Matsuyama, o original mais antigo e o único que se localiza no topo de uma montanha. O castelo de Matsumoto é uma construção de planície e também está entre os mais mais bonitos do país. Os demais castelos que completam a lista dos originais são: castelo de Matsue, castelo de Matsuyama, castelo de Hikone, castelo de Inuyama, castelo de Hirosaki, castelo de Kochi, castelo de Marugame, castelo de Maruoka e castelo de Uwajima.

Além destes, muitos outros foram reconstruídos, a maioria com técnicas e materiais modernos, e merecem ser visitados. A lista é grande e dentre os que se destacam estão o castelo de Shuri, uma das principais atrações de Okinawa, o castelo de Kumamoto, um dos mais completos e impressionantes do Japão, e o castelo de Osaka, destruído e reerguido inúmeras vezes.

Independente de qual castelo você visitar no Japão, preste atenção nos detalhes da construção e busque saber a história que se passou pelo lugar, anos atrás. Castelos foram residências de pessoas influentes, de samurais e palco de acontecimentos importantes. São lugares ricos e cheios de aprendizado.

(Imagem: Matsumoto Castle | Crédito: foilman via Visual hunt)