Tradições do Ano Novo Japonês

Ano novo: estourar champanhe, pular sete ondas, muita festa, show de fogos… certo? Não no Japão. A virada do ano é uma das datas mais importantes para os japoneses por marcar o recomeço, tanto que o feriado nacional, conhecido como oshougatsu, se estende por 3 dias com muita tradição e rituais que seguem até o final de janeiro.

A comemoração costuma ser tranquila e familiar, sem festas e fogos. A nossa tradicional contagem regressiva lá dá lugar a 108 badaladas de sino nos templos, sendo que a última acontece à meia-noite. Isso é chamado joya no kane e representa a purificação dos pecados para começar o novo ano.

A boa sorte, prosperidade e longevidade são de grande importância para os japoneses. Decorações e amuletos como kadomatsu, shimekazari e kagami mochi são oferendas aos deuses e enfeitam casas e comércios. As comidas tradicionais do ano novo também fazem essa relação, por isso é muito comum que mochi, amazake e toshikoshi soba façam parte das refeições dessa época.

As primeiras ações do ano são de igualmente importantes. A primeira refeição, o primeiro nascer do sol (hatsuhinode) e o primeiro sonho do ano têm significados bastante representativos, assim como é tradição visitar um templo nos primeiros dias do ano (hatsumode) e fazer osouji (faxina) nas casas para purificar.

Uma prática curiosa é o fukubukuro (sacolas da sorte). As lojas vendem sacolas fechadas com alguns produtos, podendo conter artigos valiosos, de luxo ou prêmios. Ou coisas inúteis. Vale testar a sorte e a brincadeira também.

Se você está no Japão nesta época, mas não abre mão das tradições com as quais está acostumado, Tokyo é o seu lugar. Por ser uma cidade internacionalizada e com muitos estrangeiros, acabou se adaptando. Grandes festas countdown (contagem regressiva) e com DJs conhecidos acontecem nos hotéis e casas de eventos. A queima de fogos, que é tradicional no verão (julho e agosto), também marca presença na cidade.

A agenda dos turistas nessa época merece atenção redobrada. Museus e bancos não abrem até dia 3 de janeiro, assim como alguns restaurantes e atrações. Vale conferir e se programar.

(Imagem: Temple Bell | Crédito: GanMed64 via Visual hunt)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>